A PEREGRINAÇÃO PELO CAMINHO PORTUGUÊS DE SANTIAGO

O Caminho Português de Santiago tem muitas variantes e todas são fascinantes. há duas opções principais: começar por Lisboa, que é o Caminho Português mais completo ou começar pelo Porto, mesmo porque os dois aeroportos principais de entrada dos brasileiros em Portugal estão em Lisboa e no Porto. Outros pontos de partida seculares são Coimbra, Braga, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Valença do Minho.

Ao iniciar minha caminhada não tinha idéia da mística que iria encontrar na trilha escolhida. O Caminho Português é uma via de iniciação cuja polaridade é oposta ao Caminho Francês.

O Caminho Francês é a Via Solar, com polaridade masculina, sendo por isso mais seco e duro que o Caminho Português, que é a Via Lunar, de polaridade feminina, com características úmidas e acolhedoras. Um é o Caminho da luta, do uso da força física, de quem até o momento só fez conquistas materiais, é um trajeto cheio de pedras. O outro é o Caminho de quem faz conquistas pelo amor, é a rota da força da intuição, da capacidade emocional, é um caminho cheio de flores e verde.

Uma bela vista na Galícia
Foto: Raphael H. Fioravanti

O Caminho Português parte do sul e segue numa linha direta para o norte. Entre os simbolismos do sul estão os anseios de conquistas materiais, uma certa falta de rumo e a necessidade de uma base material sólida. O norte representa simbolicamente a fartura, a direção e a nutrição vista como emanação grata da Mãe Terra. Ao caminhar no sentido sul-norte, o peregrino sai de uma certa carência material ou falta de rumo definido para ir em busca de conquistas reais, que lhe permitam usufruir sua vida material com plenitude.

O Caminho Português foi desde sempre uma rota de peregrinação a Santiago, sendo muito usado pelos italianos, tanto que o primeiro diário de viagem através deste trajeto é de um italiano de nome Giovanni Batistta Confalonieri, que fez sua viagem em 1594, partindo de Lisboa, acompanhando o representante papal em Portugal. Ele passou pelo Porto, Vila do Conde, Barcelos, Valença e Tui, Pontevedra, Padrón.

Celina durante o Caminho de Santiago pelo Caminho Português
Uma parada para tomar água
Foto: Raphael H. Fioravanti

O roteiro mais comum dos peregrinos portugueses parece ter sido aquele que liga Lisboa a Valença do Minho, passando por Santarém, Tomar, Coimbra, Porto, Braga e Ponte de Lima. Chegando a Valença do Minho, é só cruzar a ponte e se está em Tui, na Espanha. Até hoje, este é o caminho mais usado.

Voltar

Copyright 2003 CELINA FIORAVANTI
Todos os direitos reservados.